sábado, 9 de julho de 2011

Flacidez de Glúteos





 A queixa número 1 no consultório é disparado : Celulite. No bumbum. Porém, não é raro , durante a avaliação, notar que na verdade o que chama atenção é o quadro de flacidez da paciente

Na presença de flacidez , muscular e/ou cutânea, os contornos ficam irregulares, os glúteos apresentam um aspecto ondulado, sem contornos definidos, o que a paciente pode classificar simplesmente (??) como "celulite". Porém, se tratarmos apenas a celulite em si, reduzindo gordura localizada, diminuindo fibroses e  drenando líquidos o resultado terapêutico não será satisfatório. Pois, nesse caso o ponto fundamental é o tratamento da flacidez da área.

O bom Fisioterapeuta certamente leva em conta a queixa da paciente, mas também identifica a principal causa do aspecto inestético , para então determinar o tratamento mais adequado a cada caso.  Tratamento este que sempre trará melhores resultados quando realizado de maneira multidisciplinar, envolvendo Fisioterapeutas, Educadores Físicos e Nutricionistas.

A seguir um artigo interessante sobre flacidez:

................................................................................................

"A flacidez refere-se ao estado mobilizado, frouxo ou lânguido do tecido. Ela pode ser muscular ou cutânea. Quanto à flacidez muscular, um dos fatores que a ocasionam é a falta de exercícios físicos, pois quando os músculos não são solicitados adequadamente, suas fibras atrofiam-se. O sedentarismo é considerado um dos fatores mais freqüentes para o seu aparecimento, seguido pela perda da massa muscular e aumento de depósito gorduroso. Esses processos são decorrentes do envelhecimento fisiológico, que tem seu início por volta dos 30 anos.

Quanto à flacidez tissular, percebe-se que a maior incidência de casos é na mulher, devido a fatores hormonais e à gestação.


            Porém outros fatores, como o excesso de sol (fotoenvelhecimento), sedentarismo, alimentação inadequada e efeito sanfona, contribuem para o aparecimento da flacidez cutânea.

O glúteo máximo e os músculos posteriores da coxa são músculos posturais e, por isso, tônicos. Eles são responsáveis pela manutenção da postura corporal e agem contra a tendência flexora do corpo (devido o centro do eixo de gravidade). Indivíduos que permanecem muitas horas sentados e não praticam atividades físicas adquirem flacidez muscular, que podem vir acompanhada de flacidez cutânea.

Outro fator que ocasiona esse processo é o aumento do tecido gorduroso em detrimento da massa muscular. O tecido adiposo, por ser de preenchimento, aumenta o volume para minimizar o trauma mecânico (passar horas sentada) e o músculo flácido facilita a deposição de gordura.

Maus hábitos alimentares, que geralmente vêm acompanhados de acúmulo de gordura, provocam a perda de manto hidrolipídico, que é responsável pela nutrição da pele, interferindo no processo do aparecimento da flacidez cutânea.

Dentre os fatores que ocasionam a flacidez, destacamos: quadril retrovertido, predisposição genética, idade, maus hábitos alimentares e vestuário inadequado, que dificulta a circulação sangüínea e linfática.
A não eliminação das toxinas altera o pH do tecido e facilita o aparecimento da celulite. Além disso, há o problema do trauma mecânico, que deforma a silhueta devido à compactação do tecido adiposo (fibrose) abaixo da roupa. A ocupação inadequada deste nos locais onde encontra espaço para sua acomodação forma a "gordura localizada”.


Alinhamento Postural


            Podemos afirmar que o formato do glúteo depende também do alinhamento da perna, pois a forma de caminhar (marchar) e a posição do fêmur em relação ao joelho é que determinam como o glúteo é recrutado (contração muscular) para realizar a caminhada. Dependendo da realização desse processo, a flacidez muscular é adquirida.


Através do teste abaixo, descubra qual flacidez predomina

1- Facidez Dérmica: com os dedos polegar e indicador em forma de pinça, aperte e estique o bumbum. Se quando soltar a pele voltar ao normal e ficar esticada, não há flacidez dérmica. Mas se demorar a normalizar, a flacidez está presente.
2- Flacidez Muscular: contraia a musculatura da área. Se o músculo apresentar mobilidade e contornos não definidos, isso é sinal de flacidez.


Tratamento Preventivo


  Como tratamento preventivo, é necessário que seja mantido o fortalecimento muscular. Isso pode ser realizado com o uso de correntes de média freqüência (corrente russa), pois ela tem a capacidade de realizar uma contração muscular vigorosa, ativando mais unidades motoras para esse processo.


A corrente russa também é indicada para combater e melhorar a flacidez já instalada. Como sabemos, essa modalidade de corrente consegue gerar tanto o fortalecimento muscular, quanto o aumento do trofismo muscular, determinando, assim, a reversão do quadro.

Contudo, é importante salientar que para isso ocorrer, necessitamos lembrar que o glúteo máximo tem como função muscular a extensão do quadril. E devido à disposição de suas fibras musculares, este possui também um comportamento abdutor. Por isso é fundamental que a disposição dos eletrodos seja feita corretamente e de preferência acompanhada por um movimento extensor e abdutor. Dessa forma, precisamos de uma divisão de grupos entre os glúteos da direita e da esquerda quando utilizamos a corrente russa acompanhada de contração muscular voluntária.
Para conseguirmos uma satisfação estética adequada quanto à forma e comportamento dos glúteos que estão flácidos e com distribuição inadequada do tecido adiposo, devemos indicar o uso de outros recursos, como o ultra-som (US) e a endodermologia.



O US é indicado para a descompactação da gordura fibrosada. Por isso deve ser usado na forma contínua, numa freqüência de 3 MHz com potência superior a 10 w/cm2 e durante um tempo adequado para a área. O efeito térmico do US proporcionará uma maior maleabilidade do tecido fibrosado.
Já a endermologia, que também deve ser usada no modo contínuo, com uma pressão negativa entre 180 e 220 mmHZ, facilitará a distribuição adequada do tecido adiposo, permitindo, assim, a melhora do contorno corporal e a suavização da textura do tecido.

Efeitos Fisiológicos do Tratamento
- Aumento da vascularização;
- Melhora do tecido conjuntivo devido à eliminação dos detritos toxímicos;
- Melhora do aporte de enzimas e nutrientes na corrente sangüínea;
- Melhora da circulação linfática, eliminando as toxinas acumuladas nas células responsáveis por reações inestéticas;
- Aumento de flexibilidade Tissular;
- Tonificação e fortalecimento muscular.


Fonte: Belezain.com.br 


11 comentários:

  1. Ai Lú amei esse post, vou passar a prestar mais atenção em coisas indispensáveis, que não dava tanta importância.
    Parabéns.

    Beijos
    http://babbaloogirlsmakeup.blogspot.com/
    @BabbalooGirls

    ResponderExcluir
  2. OI Lu querida,
    é a velha história de que com malhação e dieta, tudo fica beeeeem melhor, né? Eu pessoalmente não tenho celulite, mas acho que não é só por causa da atividade física desde criança, mas de tudo, até genética.

    Ótimo post!

    Beijossss
    Silvia
    www.treinoebeleza.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Amei o post Lu sua linda dicas expert!
    amei! obrigada minha dr do coração qualquer dia vamos pensar em um assunto para vc aborta no meu bloguito ok beijooo

    ResponderExcluir
  4. Oi Jana ! Vai ser um prazer escrever um artigo pro seu Blog lindo! Veja algo que te interessa e me avisa que faço com prazer1 Bjsss

    ResponderExcluir
  5. Silvia!!! Meu Deus agora virei mais fã ainda rsrs menina vc faz parte dos 1% das mulheres que não tem celulite!! rs Sério, tem uma pesquisa recente que cita o numero de 99% para a incidência de celulite em mulheres!!

    Bjsss

    ResponderExcluir
  6. Oi Thyara! Fico muito feliz com a sua presença aqui no Blog! Que bom que gostou flor!!


    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Ai fico ate surtada,rs. Gravidade que insiste ser 9.8. A gordura q teimair para aonde não precisa e a balança que mata toda vez que subo, rs

    ResponderExcluir
  8. kkk Eu também ando revoltada com tantos fatores desfavoráveis rsrs. E ainda esse frio que me faz comer chocolate , massa... aiai Já to me vendo em setembro desesperada de novo rsrs

    Bjss

    ResponderExcluir
  9. Oieee
    adorei o post sobre celulite
    somos novas nesse mundinho e estamos te seguindo.
    Esperamos sua visitinha!
    Obg
    bj
    ( Veve Pink)
    http://voudepink.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Oi flor!
    Amei seu blog! Tô seguindo.
    Dá uma passadinha no meu
    e se gostar... Me segue tbm!
    Bjinhos =*

    http://danymake-up.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Oi Dani!! Que bom que gostou do Blog! Já estou indo lá no seu!

    Bjs

    ResponderExcluir